Friday, January 09, 2009

O SOL E O LUAR!...


1ª.-Foto- Tirada da Ilha do Pico ao Faial,
2ª.-Foto-Tirada da Ilha do Faial ao Pico.


Pudera eu dizer-te, amor,
Que os anjos do céu me falam baixinho,
De ti e do teu pensamento!...
Pudera eu narrar-te, amor,
As palavras doces, o vivo carinho,
Que me invadem a todo o momento!...

Pudera eu contar-te, amor,
O que minha alma me entoa em segredo,
Quando lhe peço um pouco de esperança!...
Pudera eu gritar-te, amor,
Como vive em mim um tremor, um medo,
Por já ter perdido a fé e a confiança!...

Como a luz firme pousa sem temor,
Seu brilho em nossas horas de bem-estar,
Pudera eu, pudera, amor
Dar-te a luz do Sol e o Luar
Pudera eu, pudera, amor
Viver eternamente a palavra Amar!...


Pensamento & Fotos,

Fernanda Costa,

Lisboa, 9 de Janeiro de 2009
Posted by Picasa

21 comments:

PURO AMIGO said...

Ola boa noite
Muito bom, bem estreturado, com o seu toque.
Amizade
Miguel

Codinome Beija-Flor said...

Ah!!! "Viver eternamente a palavra Amar".
Lindo demais.
Bjos

Sonia Schmorantz said...

lindo o que aqui escreveu, gosto de visitar teu espaço, é sempre inspirador.
Um abraço e um bom final de semana

Ibag said...

Fantástico, cheio de sentimentos vividos... Parabéns!!!

Pelos caminhos da vida. said...

Pudera eu conhecer de perto esses lugares lindos,mas me contento vendo os por aqui,graças a vc amiga.

bjs.

MPereira said...
This comment has been removed by the author.
manuel marques said...

Tudo o que sabemos do amor, é que o amor é tudo que existe.

Abraços com ternura.

Nanda Assis said...

que isso xará, que coisa mais linda, tanto nas palavras qnto nas imagens. qndo eu crescer quero ser como voce!

bjosss...

Cleo said...

To te lendo aqui também.
Todos teus pensamentos se transformando em poesias. lindo demais.
Beijos amiga.
Cleo

paula barros said...

Um forma forte e sentida de falar do amor.

Querida Fernanda ao escrever sobre a lua ontem, fiz um texto, depois foi o poema. No primeiro texto questionava como estaria a lua em Portugal, até falei da neve. E você me respondeu. Quando vi seu comentário pensei até que tinha colocado o outro texto. Que coisa interessante.

obrigada por seu carinho constante.

abraços forte

Liar said...

Pudera eu dizer-te que é um poema lindissimo.

A fotografias são muito bonitas também!

Eu posso até repetir-me,mas agoro tudo o que escreves!

Uma semana linda para ti e que a lua e o sol de continue a inspirar!

Bjinho
Céci ((*_*))

gaivota said...

pudera eu dizer que brevemente aí estarei, no pico... mas ainda não sei quando será...
lindas fotos, fernandinha, de facto a ilha deixa-se mostrar na sua beleza de sol e lua...
beijinhos

OUTONO said...

Quem me dera estar a visualizar...pessoalmente este infinito de prazer...

Beijinho.

Pelos caminhos da vida. said...

Um abraço poetiza.

bete said...

Fernandinháaáááa, olha eu aqui...

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Fernadinha...Belas fotografias que retratam o belo poema...
Beijos

Marta said...

lindas fotografias amiga...

beijo grande

gaivota said...

venho com muito sol e mar e gaivotas, tudo me esperava e senti uma bênção mal cheguei à praia...
de lá te dei os parabéns e agora reforço os meus votos de resto dia feliz!
beijinhos grandes, fernandinha

Sonia Schmorantz said...

Deixei no meu blogue, com muito carinho e convicção, um selo para si. Espero que o vá buscar.
beijos

São said...

Deslumbrar-mo-nos face ao Poco visto da Horta é uma vivência marcante!!
Abraços, Fernandinha querida.

ellen said...

Olá. Bonito Blog :)
Beijinho