Friday, May 23, 2008

FADO CHORADO!...

Porque não vens e falas?
Alguém terá de falar.
Porque ficas onde andas,
E calas, e me deixas a pensar.

Deixas-me o fado chorado
Nas vielas por cantar,
E eu digo o poema rimado
De coração a chorar.

Saudade, ai, quanta saudade,
De te despir todo num verso
E dizer toda a verdade
Neste meu fado adverso.

Diz-me de longe um adeus,
Que esse adeus fará sonhar,
Sonhos são todos teus,
Que para ti vou voar!


Fernanda

6 comments:

poetaeusou . . . said...

*
fado lacrimejado
cantado,
em choro,
de esperança,
no rimas da luz,
,
jinos
,
*

xistosa said...

Não voe.
Ícaro não o conseguiu.
É nas vielas que se canta o fado da saudade, mas aqui é mesmo numa viela da vida que tentamos alcançar.
Espero que o consiga, neste cantar chorado.

gaivota said...

fado, saudade, choro, drama, lágrima, destino
esperança de poema,
voa, minha amiga!
beijinhosssssssss

Ju said...

áaaaaaaah. a vida é tão linda que na dor ainda sobram versos!!! obrigada pelas palavras, querida!
beijos

guidalinhares@gmail.com said...

Ah, porque te calas? Óh amor que não vens ficar ao meu lado? Verseja a poetisa, implora a mulher..e o amor muito brejeiro, chega à porta e diz, quem és? rsrsrsrs..beijos carinhosos, guida

SADY FOLCH said...

Que lindas palavras Fernanda !!
Quanta odes de amor pode caber dentro deste peito?
Creio que todas o alcançam...
E nele, todas se sustentam....
Beijos
Sady