Monday, January 28, 2008

Nostalgia de ti

Mas que saudades eu sinto de ti,
Minha doce companhia de infância.
Contigo, que dias lindos eu vivi,
Dos quais ainda sinto a fragrância!

Esta nostalgia que me aperta por dentro,
Faz-me desejar a tua presença aqui;
Mas, só a recordação me resta, de momento,
Enquanto não me puder abraçar a ti…!

Foi…
Uma folha muito bela,
Aquela onde encontramos
Um amor fraterno
Muito puro e bonito,
Que vivemos,
Com toda a intensidade,
Em cada linha dessa folha…
Mas, outras vieram…
E essa?!
Ficou suspensa no tempo
E para toda a eternidade.
Apesar de,
Tantas vezes…
Em pensamento,
Em sonho,
E, com o coração a pulsar,
A abrir,
Com toda a doçura
Que ela merece…!


Fernanda

9 comments:

poetaeusou . . . said...

*
nostalgia,
o passado,
da saudade,
,
buzios sonantes
,
*

gaivota said...

saudade, saudade
palavra triste quando se perde um grande amor...
beijinhos

Arco-íris said...

Saudades...saudades de ti...nostalgia presente...saudades de um passado vivido intensamente...
bom fim d semana amiga...
beijos***muitos***

Rui Caetano said...

A nostalgia enche-nos a alma de tanto desejo de viver um ontem que já não existe. Um bom fim de semana.

ines said...

não te vejo por aqui... deixas saudades de ti!

Brancamar said...

Belas e doces recordações que a tua alma encerra!
Lindo este texto, onde se sente a ternura em todas as palavras.
Beijinho

Ju said...

sei bem do que vc está falando... sentimento belo, que dá saudades e às vezes dói pela ausência do que já não é... eis a vida!
beijos.

Zé Povinho said...

Passei por estas bandas, onde ainda não tinha pousado, e encontro a mesma doçura e intensidade que me encantou do outro lado.
Bom fim de semana
Abraço do Zé

Filoxera said...

Vim dar aqui, para não recomentar as fotos.
Também eu hoje estou refém da saudade de um dia que já foi de festa...
Beijos.