Sunday, July 06, 2008

QUANDO O SILÊNCIO DIZ MAIS QUE AS PALAVRAS

Na Amizade, como no Amor, pode haver momentos em que o silêncio diz mais que as palavras.
Os defeitos do nosso amigo podem ser evidentes para nós, mas fica bem parecer fecharmos os olhos.
Geralmente, a amizade é tratada pela maioria das pessoas como algo de resistente e perpétuo, que há-de sobreviver a todo o tipo de maus tratos.
Mas isto é um erro muitíssimo grande e disparatado; as suas condições de existência são que seja tratada com delicadeza e carinho, sendo como é uma planta sensível e não um cardo à beira da estrada.
Não devemos esperar que o nosso amigo esteja acima da humanidade.

Horta, 5 de Julho de 2008

Fernandinha

13 comments:

WILLIAM (Penso, Logo Escrevo...) said...

Olá,
Desculpe a demora em escrever, mas tive um problema no meu meu PC.
Abraço,
Espero uma visita sua.

xistosa - (josé torres) said...

Então a palavra tem mais valor que o silêncio.
O silêncio só no carinho, na delicadeza, na gentileza, na lhanesa.
A palavra desenvolve-se depois ...
Eu compreendi-a!

mundo azul said...

...é no silêncio, que ouvimos o coração!
Gostei de ler as suas palavras...
Beijos de luz e uma semana muito feliz!!!

Rui Caetano said...

O silêncio reserva os nossos segredos mais profundos. Uma boa semana.

Ju said...

é verdade!
obrigada!!!
beijos
=)

poetaeusou . . . said...

*
fernandinho,
,
o silencio é de ouro . . .
,
jinos,
,
*

Jac C. said...

Tenho repensado smepre esse conceito de amizade.
Isso de ser eterna, duradoura... já não exijo tanto.
Seja como for, há que se ter uma certa dose de cumplicidade recheada de muito respeito.
Bjs.

Arco-íris said...

Querida Fernanda...estou completamente de acordo consigo,tal cm no amor, a amizade tem que ser alimentada para continuar forte e crescer sempre...é tão bom ter amigos de verdades, eles são o melhor da vida...
beijinhos...

Bill Stein Husenbar said...

Gostei de ler.

Parabéns.


http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

SILÊNCIO CULPADO said...

Fernanda
As pessoas são pessoas não são deuses. E ainda bem que assim é para que as sintamos bem humanas.
A amizade é um sentimento que deve ser firme e tranquilo.

Beijos

sol poente said...

A amizade ajuda-nos a viver, fortalece as nossas motivações e consegue que em nenhum momento nos sintamos sozinhos.
Mas é preciso saber cultivá-la.
Abraço

Brancamar said...

Fernandinha, hoje percorri todos os teus espaços, mas quando finalmente cheguei a este tive que interromper e então venho agora terminar as minhas visitas.
Já tinha saudades, mas alguns condicionalismos têm-me mantido um pouco mais silenciosa. Penso que poderei agora retomar com mais frequência os meus contactos. Gostei muito deste texto, mas tudo depende das circunstâncias, não é? Claro que em nenhum sentimento podem existir maus tratos e há um mínimo de respeito. O respeito por vezes também implica silêncio, cedência, dar espaço. Não se pode cobrar o que se faz, o que se dá, tudo o que dermos vem por acréscimo e às vezes se não vem da pessoa a quem demos vem de outra. Quantas vezes pensamos que não estamos a ser retribuidos e por tràs dos silêncios há um mundo de problemas. O que é importante é que os amigos estejam felizes. Porque é que as pessoas hão-de fazer suposições de tudo? Porque não pensam à partida bem dos outros, sem precisarem de ser ingénuas? Se experimentarmos sermos incondicionais temos um monte de surpresas na vida e sempre bons amigos. Por isso o teu título é muito sugestivo: "Quando o silêncio diz mais que as palavras...". Os verdadeiros amigos nunca se perdem com o silêncio e sempre o compreendem, é como se se tocassem à distância.
Fica bem.
Beijinhos

Mello said...

Olá, Fernandinha,

Concordo consigo quando diz que amizade tem de ser “tratada com delicadeza e carinho, sendo como é uma planta sensível e não um cardo à beira da estrada.” Quando não há o respeito dos amigos, o melhor é deixá-los partir com amor. Na vida custa mais dizer não do que sim, mas às vezes o Não… é a única solução.

Beijos,

Graça