Sunday, November 23, 2008

OUTONO !...


Fotos - Ilha do Faial - Açores - Portugal


Num Outono, bem precoce
de folhagem já despida
vamos vivendo, amor, talvez como despedida.

Tudo se foi na voragem
dos pensamentos felizes !
Mas a saudade sentida
com a esperança que aquece
trarão de novo a vida
ao coração que arrefece !

Fotos & Pensamento:

Fernanda Costa

Lisboa, 23 de Novembro de 2008
Posted by Picasa

18 comments:

Menina do Rio said...

E cá pra nós é quase verão...

Nandinha, estes dias recebi um soneto teu no Orkut através da nossa amiga Ana Paula Roque que por sinal ao comentar, me disse que são amigas reais. Incrível como os laços vão se estreitando nesse mundo tão virtual. Bom demais, isso. Prova que não existe distância entre as pessoas, apenas quilometros...

tem um domingo maravilhoso, querida!

Beijinhos

Rosangela said...

Fotos lindas, realmente inspiradoras...

E o texto me fez viajar...

Beijos no coração...

manuel marques said...

Em junho de 1976 subi ao cimo do Pico mais um grupo de amigos.Foi um dia inesquecível.

Maria said...

Os corações não arrefecem, Fernanda... não deixes arrefecer o teu...

Um beijinho

Rosangela said...

OI F~E...Se é que posso chamar-te assim, rsrsrsrsr

Visitaste meu blog antigo, que já fechei, mais estou com um novo :
http://compactandoletras.blogspot.com/

Espero-te por lá...

Beijinhos no coração;;;

LOURO said...

Olá Fernandinha, gostei do teu pensamento e das lindas fotos...
Beijinhos de ternura e amizade,
Lourenço

poetaeusou . . . said...

*
o outono dos apelos,
esperando as primaveras,
,
maresias ao sol-pôr,
envio-te,
,
*

Vivian said...

...gosto do outono porque
ele aflora inspirações, e delas
nascem poemas como este que acabo
de degustar.

que lindo
que lindaaa!!

bjussss

ana p roque said...

Olá querida Fernandinha!
Obrigada!
Lindo este seu Outono e muito sentido!
Concordo com a Menina do Rio,
a distância entre as pessoas,
são apenas quilómetros...

Beijinhos de muito carinho.
aPr

Betho Sides said...

Estou envolvido em problemas de ordem naturais acontecidos em meu estado adotivo..Mas breve voltarei e vou contar uma história passada em Lisboa...Beijos Fernandinha.

gaivota said...

fernandinha, do coração de oiro!o quentinho do sol da tua ilha que nunca arrefece!beijinhosssssssssss

bete said...

Fernandinhaaaaaaa, na foto do alto deu pra sentir o vento daqui!

Marta said...

A esperança vive sempre...
Seja no Outono com as cores avermelhadas....
Perante tal beleza, como resistir???
Obrigada pelas visitas...
Beijos e abraços
Marta

Izi e Everson Russo said...

Obrigado minha querida pela visita ao Ultimo BArco do Planeta, volte sempre, convido te a visitar o LIvro dos Dias, www.evr.russo.blog.uol.com.br

otima noite de paz a ti.

Angel said...

Olá Fernanda...gosto tanto do Açores têm aqui imagens lindas já me enchi de recordações...e este poema está muito lindo..um beijinho muito grande sempre com muitos Sonhos..

tossan said...

Fotos & poemas todos perfeitos! Lindos! Tudo de bom pra ti. Bj

Agulheta said...

Fernanda. Belas fotos com o ilustrar deste soneto,vale a pena partilhar.
Beijinho bfs

águia_livre said...

fotos = Sublimes
pensamento = brilhante

Visitem:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/

Sejam felizes.