Friday, November 23, 2007

NÂO DUVIDO

Não duvido...
Acredito...
No quanto me queres e me amas.
Não duvido...
Acredito...
Nas vezes que em mim pensas e me chamas.

Não duvido do teu sincero amor...
Não duvido da tua grande afeição...
Acredito no teu forte abraço, com ardor,
acredito no teu longo beijo, de emoção.

Acredito na profunda sinceridade
com que me amas, com que me abraças.
Ao olhar-te nos olhos sinto a claridade,
que em dias de sol tranpõe as vidraças.

Não duvido que sem ti não sou ningúem,
apesar de não te ter quanto queria,
saltei o muro, a cerca, o além,
tentando alcançar o amor, a alegria.

Não duvido que a terra que piso,
me dá firmeza para caminhar em frente.
Apercebo-me do quanto um leal aviso,
me faz meditar de modo diferente.

Não duvido que o ar que respiro,
me dá incentivo para lutar por ti.
Não duvido que o teu breve suspiro,
me faz recordar tudo o que vivi.

Não duvido, que não irás duvidar...
acredito que irás acreditar...
No outro Lado haver também lugar,
para o abraço, o beijo, o amor provar!

Acredito na outra Vida, onde amanhã
te procorarei, sem tempo, sem limite.
Nos meus olhos cerrados sentirás o afã
que à minha alma a saudade, de ti , transmite...

Fernanda

12 comments:

Rui Caetano said...

A outra vida onde nos encontraremos com a outra nossa face é um sentir profundo da utopia pela eternidade.

Fernanda e Poemas said...

Queridos amigos, criei um novo blogue de sonetos, quem me quizer visitar é vem vindo.

fernandasonetos.blospot.com

Muitos beijinhos,
Fernandinha

MEU DOCE AMOR said...

Maravilhoso.

Beijinho doce

Kalinka said...

OLÁ FERNANDA
Tenho-me queixado de violência doméstica, já foi física mas ultimamente tem sido mais psicológica.

Acabo de visitar um blog que diz:
25 NOVEMBRO: DIA INTERNACIONAL CONTRA A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
A violência doméstica, nomeadamente a violência do género, é uma realidade que envergonha o mundo em pleno século XXI. Em Portugal foram registados, em 2006, segundo a UMAR, 20.595 situações de violência doméstica. Entre as agressões, incluem-se 39 casos de homicídio e outras 43 tentativas. No entanto estes números não revelam toda a realidade pois muitos casos não chegam a ser participados. Se fores vítima, ou testemunha, não hesites em denunciar!

Em caso de urgência liga o 800202148.
Apresenta queixa às autoridades competentes.
Pede apoio à APAV- Associação de Apoio à Vítima
Tel. 707200077 e-mail: apav.sede@apav.pt

ADERE A ESTA INICIATIVA E PUBLICA UM POST DE INDIGNAÇÃO.

Quero agradecer-te as simpáticas palavras que deixas no meu kalinka.

Desejo-te um excelente domingo.

São said...

Muito bem!
Venho lembrar que hoje, 25/11, é dia de dizer ABAIXO A VIOLÊNCIA DE GÉNERO:HUMANIDADE NÃO TEM SEXO!!
Bom domingo.

ana p roque said...

Prémio Escritores da Liberdade




Dia chuvoso e véspera de feriado municipal, o que eu faço? Filmes!
E hoje eu assisti um em especial, que eu não dava nada de início, julguei pela capa, coisa que normalmente não faço.
"Escritores da Liberdade", resumo oficial:
Quando vai parar numa escola corrompida pela violência e tensão racial, a professora Erin Gruwell combate um sistema deficiente, lutando para que a sala de aula faça uma diferença na vida dos estudantes. Agora, contando suas próprias histórias, e ouvindo as dos outros, uma turma de adolescentes supostamente indomáveis vai descobrir o poder da tolerância, recuperar suas vidas desfeitas e mudar seu mundo.
Lendo assim parece mais um drama, não? Mas esse filme lembrou-me muito Sociedade dos Poetas Mortos. Ambos passam mensagens ótimas. Durante e depois de serem assistidos. Realmente um maravilhoso filme. E cá estou eu para criar um prêmio aos blogueiros... Prêmio cuja explicação está logo abaixo.

Todos temos blogs pelo fato de gostarmos de escrever. Por prazer, profissionalismo, ou qualquer motivo pessoal.
E a maioria gosta de escrever para liberar algum sentimento profundo, seja ele bom ou ruim. Escreve para se encontrar, para analisar a situação depois de algum tempo, ou naquela mesma hora, e também por essa paixão de pôr tudo no "papel".
E estou chamando esses blogueiros de Escritores da própria liberdade.
Escritores sim, mesmo que amadores, que escrevem suas emoções, que não guardam tudo para si. Que compartilham tudo com pessoas muitas vezes estranhas (entre as conhecidas)... Escritores que admiro muito, por vários motivos, que se destacam de um jeito único, para cada uma das pessoas que os conhecem. Blogueiros que publicam a sua liberdade de expressão.
Estou passando esse selo para 5 blogs que leio muito, que gosto muito.
E isso não significa que eu desconsidere os outros.
Vocês conhecem o "sistema". Passe adiante para outros 5 blogs amigos, copiem esse texto se quiserem, parabéns, escritores da Liberdade! =)
1 - Meias Palavras
2 - Meu retrato
3 - Surto Psicossomático
4 - Tão Diferente
5 - Uma Menina

Até a próxima! :)

(Texto copiado do blog Batôn cor-de-rosa)
http://batomcorderosa.blogspot.com/2007/10/blogueiros-da-liberdade.html

Como blogueira premiada,cabe-me agora selecionar 5 blogues e atribuir-lhes o prêmio.

Os blogues escolhidos por mim são:

http://antmoreiradasilva.blogspot.com
http://luizacaetanaif.arteblog.com.br/home/
http://pensamentosfernanda.blogspot.com
http://meninamomentos.blogspot.com/
http://www.icaroartes.com/blog/index.asp

Parabéns a todos!
aPr

Maria da Luz said...

Deixo aqui um abralo

Maria da Luz said...

Era para deixar um abraço
deixei um "abralo" é erro deixo agora dois abraços.

SILÊNCIO CULPADO said...

Todos os teus poemas são lindos. Este é muito especial porque é animado pela crença e pela perseverança e, sobretudo, por uma esperança imortal.

MIMO-TE said...

Parabéns!

Irei lá!
BFS


Mimos

Bichodeconta said...

E é tão bom poder acreditar!!! Magnificos trabalhos..um beijinho, ell

Betty Branco Martins said...

Querida Fernandinha



___________não duvides




mesmo:))




_________no acreditar de uma certeza






____________chama-se______________________o








repousar do coração





beijO c/ carinhO